background img
Muitos moradores já abriram as casas e colaboraram com as equipes do CCZ e permitiram que os cães e gatos de estimação tomassem a dose da vacina (Fotos: Ascom/SMS)

CCZ de Aracaju inicia vacinação contra raiva

Muitos moradores já abriram as casas e colaboraram com as equipes do CCZ e permitiram que os cães e gatos de estimação tomassem a dose da vacina (Fotos: Ascom/SMS)

Muitos moradores já abriram as casas e colaboraram com as equipes do CCZ e permitiram que os cães e gatos de estimação tomassem a dose da vacina (Fotos: Ascom/SMS)

Na manhã desta segunda-feira, dia 9, o do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Aracaju iniciou a Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica (Contra Raiva) na capital sergipana.  No primeiro dia, os agentes do CCZ trabalharam no bairro 17 de Março (Zona de Expansão) onde visitaram residências e também localidades próximas como Ponta da Asa e Loteamento Recreio, pertencentes ao bairro Santa Maria.

Muitos moradores já abriram as casas e colaboraram com as equipes do CCZ e permitiram que os cães e gatos de estimação tomassem a dose da vacina.  Este é o caso do vigilante José Ónias, 47 anos, cria cachorro e  gatos e fez questão de atualizar o cartão de vacina dos bichos. Segundo ele a prefeitura está de parabéns por levar a campanha para os bairros mais distantes do centro da cidade.  “É importantíssimo vacinar, pois a raiva pode ser transmitida do animal para o homem a através da mordida do cão ou gato doente. Prevenir é essencial para garantir a saúde dos bichos e proteger a saúde das pessoas que em caso de ataques podem ser mordidas”, disse.

A dona de casa Amália Silva também colaborou com os agentes e revela que vacinar é um carinho a mais de quem gosta de cuidar bem dos bichos de estimação.  “Tenho seis gatas e um gato e todo os anos, meus animais recebem a vacina para evitar que fiquem doentes”, disse.

Metas 

Conforme a veterinária e coordenadora do CCZ de Aracaju, Roseane Nunes, a meta da campanha em Arcaju é  vacinar  43 mil cães e 13 mil gatos.  “Devem receber a vacina todos os cães e gatos com mais de três meses de idade, exceto os doentes (animais com diarréia, secreção ocular ou nasal, sem apetite, convalescentes de cirurgias ou enfermidades)”, orienta Roseane.

Etapas da Vacinação

Este ano a campanha de vacinação contra raiva acontece em duas etapas. A  primeira é a vacinação volante que acontece entre os dias 9 e 13 de setembro e de 16 a 19 do mesmo mês. Nesta fase inicial, as equipes do CCZ visitam casas nas áreas da Zona de Expansão, como bairros 17 de Março, Santa Maria e povoado Mosqueiro. Já a segunda é a fase aberta aos demais bairros da cidade e acontecerá de 20 a 21 de setembro, quando o CCZ disponibilizará  92 postos fixos de vacinação locais de grande circulação de pessoas como praças públicas. 

O supervisor de campo da vacinação contra raiva, Wilson Oliveira, explica que os donos dos animais devem estar atentos a cuidados como apresentar o cartão de vacinação do bicho. “Para prevenir acidentes também orientamos que os cães devem estar com coleira e guia e o uso da focinheira é obrigatória em animais bravos. Além disso, aconselhamos que gatos são mais ariscos e por isso devem ser levados em caixas de transporte ou similar, evitando fugas ou acidentes”, afirmou o superior.

Fonte: aracaju.se.gov.br

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *