background img
lista-carmageddon-crashers

Lista traz todos os games da franquia Carmageddon

Confira todos os títulos já lançados da polêmica e violenta franquia Carmageddon, desde o primeiro game de 1997.

Carmageddon é uma série de corrida de demolição violenta e polêmica que já teve vários capítulos através dos anos e até foi proibida no Brasil por algum tempo. A marca registrada da franquia é uma violência sádica que envolve destruir tanto seus adversários por completo de maneiras cruéis quanto atropelar civis inocentes por pontos, power-ups e diversão. Confira todos os games já lançados da série Carmageddon, desde o original para PC até o mais recente Carmageddon: Crashers gratuito para smartphones.

Carmageddon (1997 – PC)

O primeiro jogo da série foi criado pela Stainless Games e seria um título da franquia Mad Max, porém tomou uma direção diferente. A versão final do game foi inspirada em um filme chamado Death Race 2000 de 1975 no qual pilotos dirigiam pelos EUA em uma corrida mortal.

A série Carmageddon gerou muita polêmica em seu lançamento devido aos atropelamentos no game (Foto: Reprodução/YouTube)

A série Carmageddon gerou muita polêmica em seu lançamento devido aos atropelamentos no game (Foto: Reprodução/YouTube)

Inicialmente a jogabilidade parece um game de corrida normal, porém logo Carmageddon se revela já que é possível vencer uma fase por completar o percurso, eliminar seus oponentes ou atropelar todos os pedestres nela. A polêmica dos atropelamentos na época fez com que o jogo fosse banido em muitos países, entre eles o Brasil, e censurado em outros com zumbis no lugar das pessoas.

Carmageddon 2: Carpocalypse Now (1998 – PC)

O sucesso e polêmica do game original gerou muito interesse por uma sequência e Carmageddon 2 não decepcionou. O jogo expandiu praticamente tudo que fez o primeiro tão divertido, com jogabilidade mais profunda, física melhor para destruir seus oponentes, mais fases e veículos, além de todo um sistema de missões que abraçava o lado caótico e sádico do jogo. Até hoje é considerado por muitos fãs como o melhor da série.

Carmageddon 2: Carpocalypse Now é até hoje considerado por muitos fãs como o melhor game da série (Foto: Reprodução/Taringa)

Carmageddon 2: Carpocalypse Now é até hoje considerado por muitos fãs como o melhor game da série (Foto: Reprodução/Taringa)

Carmageddon (1999 – PSOne)

A popularidade de Carmageddon 2 também ajudou a levar a série para os consoles, onde ambos os games lançados para PlayStation e Nintendo 64 tiveram uma infeliz história. Ambas contam com os zumbis no lugar dos pedestres e fases projetadas especialmente para os videogames, porém cada uma falha de maneiras terrivelmente diferentes.

Carmageddon no PlayStation One não deu muito certo devido a alguns problemas técnicos (Foto: Reprodução/YouTube)

Carmageddon no PlayStation One não deu muito certo devido a alguns problemas técnicos (Foto: Reprodução/YouTube)

A versão do console da Sony até tenta transpor a maior parte da jogabilidade, mas peca com fases muito vazias que parecem apenas arenas. Devido a limitações técnicas boa parte do cenário não aparece até você estar bem perto, o que causa uma grande sensação de estranheza.

Carmageddon 64 (2000 – N64)

Para o Nintendo 64 os problemas foram um pouco mais estranhos. O game foi publicado pela Titus, empresa responsável também por Superman 64, considerado um dos piores jogos de todos os tempos.

Carmageddon 64 tinha uma jogabilidade péssima e fazia jogadores passarem boa parte do tempo nas paredes (Foto: Reprodução/The Cutting Room Floor)

Carmageddon 64 tinha uma jogabilidade péssima e fazia jogadores passarem boa parte do tempo nas paredes (Foto: Reprodução/The Cutting Room Floor)

Carmageddon 64 não fica muito atrás com uma jogabilidade extremamente quebrada que se assemelha até mesmo a de Superman64, física ruim, cenários simples e uma série de defeitos que o tornam terrível.

Carmageddon 3: TDR 2000 (2000 – PC)

O capítulo final da trilogia original, Carmageddon 3: TDR 2000 (Total Destruction Racing) não foi desenvolvido pela Stainless Games como os outros, mas pela Torus Games. A ideia de corridas com liberdade de completá-las por checkpoints, eliminação de adversários ou pedestres continuou, assim como o sistema de missões.

Carmageddon 3: TDR 2000 não tinha o mesmo charme dos games anteriores da série (Foto: Reprodução/My Abandonware)

Carmageddon 3: TDR 2000 não tinha o mesmo charme dos games anteriores da série (Foto: Reprodução/My Abandonware)

No entanto o game perdeu muito de seu charme neste terceiro título com gráficos um pouco genéricos, nova física diferente e jogabilidade que não parece tão precisa quanto a dos jogos originais.

Carmageddon (2001 – GBC)

Uma das maiores surpresas em sua época, o anúncio de Carmageddon para o GameBoy Color gerou muita curiosidade entre os donos do portátil. O game era exclusivo da versão Color do aparelho e não funcionava no modelo tradicional. A jogabilidade de missões foi mantida porém a ação era exibida através de uma visão áerea que não combinou muito bem com a série.

Carmageddon para o GameBoy Color foi uma grande surpresa, mas não rendeu uma adaptação muito boa (Foto: Reprodução/Carmageddon Wiki)

Carmageddon para o GameBoy Color foi uma grande surpresa, mas não rendeu uma adaptação muito boa (Foto: Reprodução/Carmageddon Wiki)

Carmageddon 3D (2005 – Mobile)

Antes dos smartphones, Carmageddon 3D tentou levar a série aos telefones celulares baseados em Java de alguns anos atrás. O game era uma versão original porém bastante simplificada de Carmageddon com gráficos que seriam semelhantes aos do Nintendo DS.

Carmageddon 3D levou a série para antigos telefones celulares porém com limitações pesadas da época (Foto: Divulgação/Carmageddon)

Carmageddon 3D levou a série para antigos telefones celulares porém com limitações pesadas da época (Foto: Divulgação/Carmageddon)

No entanto o framerate, a taxa de quadros em sequência, era bem baixo o que dava pouca fluidez para a ação que se passava na tela e tornava difícil de jogá-lo.

Carmageddon: Reincarnation (2015 – PC)

Quando a Stainless Games criou Carmageddon, os direitos da franquia ficaram com a empresa SCi Games, que depois uniu-se a Eidos e a Square Enix, porém, em 2014, a criadora da série conseguiu adquiri-la de volta. Foi então que os criadores aproveitaram a onda das campanhas de financiamento coletivo para anunciar Carmageddon: Reincarnation, um novo jogo que seria produzido se alcançassem a meta de US$ 400 mil (quase R$ 1,27 milhão).

Carmageddon: Reincarnation trouxe de volta o espírito sádico da série, mas não toda sua jogabilidade divertida (Foto: Reprodução/YouTube)

Carmageddon: Reincarnation trouxe de volta o espírito sádico da série, mas não toda sua jogabilidade divertida (Foto: Reprodução/YouTube)

A produtora alcançou sua meta e em 2015 lançou Carmageddon: Reincarnation, porém o game decepcionou por não ter tantos elementos quanto prometia e sofrer com muitos defeitos que foram resolvidos posteriormente através de atualizações.

Carmageddon: Max Damage (2016 – PS4, Xbox One, PC)

A versão Max Damage, cujo nome é baseado no principal piloto da série, é uma atualização de Carmageddon: Reincarnation para PlayStation 4, Xbox One e PC com todas as melhorias que foram feitas no game desde o seu lançamento, além da inclusão de novos mapas e veículos.

Carmageddon: Max Damage ofereceu aos jogadores uma experiência nostálgica digna dos games originais (Foto: Reprodução/Car Canyon)

Carmageddon: Max Damage ofereceu aos jogadores uma experiência nostálgica digna dos games originais (Foto: Reprodução/Car Canyon)

Alguns problemas de design da versão Reincarnation impedem o jogo de realmente decolar, mas muitos dos bugs pelo menos foram consertados.

Carmageddon: Crashers (2017 – iOS, Android)

O mais novo game da série é o gratuito Carmageddon: Crashs para smartphones que altera um pouco o estilo de jogo da fraqnuia. O foco aqui é em gandes batidas contra os carros inimigos e como é comum em jogos Free to Play é possível gastar dinheiro para personalziar ainda mais seu veículo. Não há mais pedestres para atropelar e essa mecânica de batidas é bastante cansativa, mas pelo menos o visual é bastante impressionante.

O novo game gratuito Carmageddon: Crashers perde um pouco da essência da série mas ainda diverte nos smartphones (Foto: Reprodução/Google Play)

O novo game gratuito Carmageddon: Crashers perde um pouco da essência da série mas ainda diverte nos smartphones (Foto: Reprodução/Google Play)

Por Rafael Monteiro, para o TechTudo

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!