background img
whatsapp-image-2017-10-27-at-10.41.32

Lyoto e Brunson confirmam luta em SP, e Deiveson vai às lágrimas ao bater peso

Todos batem o peso para as 12 lutas previstas para sábado na capital paulista, mas peso-mosca paraense mostra sofrimento para atingir os 57,2kg da sua categoria

odos os 24 lutadores que subiram à balança na manhã desta sexta-feira para o UFC São Paulo bateram o limite de suas categorias, e não pesaram um grama sequer acima do permitido, confirmando as 12 lutas do card deste sábado. Mas o peso-mosca Deiveson Alcântara, que faz sua segunda luta na organização, fez jus ao apelido de “Deus da Guerra!. Após travar uma batalha contra o peso, apareceu com lágrimas nos olhos diante da balança. Sem esconder todo o esforço para atingir os 57,2kg que precisava, o lutador precisou da toalha para vencer a primeira batalha.

- Ontem estava pesando 58,5kg. À noite trabalhei o psicológico para conseguir mijar um pouquinho e dormi no frio, pois sabia que ia reduzir o peso. Amanheci com 58kg, precisava perder 1kg e fui correr. A minha corrida é de dois minutos, dá tiros de 20 segundos. Bati assim, finalizando com dois rounds de dez minutos na sauna e um pouquinho de banheira. O choro foi uma mistura de muita coisa, e pelo prazer de ter conseguido. Quando achei que não fosse conseguir… Minha família que me treina e trabalha meu psicológico falou que bateria porque sou um guerreiro. Eu fui lá e consegui – declarou o paraense ao Combate.com, com os olhos cheios de lágrimas e encaminhando-se para uma nova avaliação médica.

Deiveson Alcântara se emociona e bate o peso no sacrifício

Deiveson Alcântara se emociona e bate o peso no sacrifício

Já Lyoto Machida, que faz a luta principal com Derek Brunson, posou sorridente e bateu 83,9kg, com 500g de folga do limite da categoria dos médios. O americano bateu o mesmo peso. Demian Maia foi um dos primeiros a se pesar e bateu 77,6kg, no limite da divisão dos meio-médios. Colby Covington só chegou na pesagem uma hora depois do início, e pesou o mesmo que o brasileiro, sem deixar de provocar, como tem sido habitual na passagem do lutador pelo país.

- É melhor você lutar em Marte, porque esse planeta é meu – disparou, ainda em cima da balança.

Colby Covington bateu o peso e disparou as provocações habituais antes do UFC SP (Foto: Marcelo Barone)

Colby Covington bateu o peso e disparou as provocações habituais antes do UFC SP (Foto: Marcelo Barone)

Combate transmite ao vivo todas as lutas do “UFC: Brunson x Machida” a partir das 21h (de Brasília). O Combate.com acompanha todo o evento em Tempo Real e exibe em vídeo os dois primeiros confrontos. Na sexta-feira, canal e site transmitem a pesagem a partir das 18h.

UFC São Paulo
28 de outubro, em São Paulo
CARD PRINCIPAL (a partir de 0h, horário de Brasília):
Peso-médio (até 84,4kg): Derek Brunson (83,9kg) x Lyoto Machida (83,9kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Demian Maia (77,6kg) x Colby Covington (77,6kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Pedro Munhoz (61,7kg) x Rob Font (61,7kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Francisco Massaranduba (70,3kg) x Jim Miller (70,3kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Thiago Marreta (84,4kg) x Jack Hermansson (83,9kg)
Peso-galo (até 61,7kg): John Lineker (61,7kg) x Marlon Vera (61,2kg)
CARD PRELIMINAR (a partir de 21h, horário de Brasília):
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Vicente Luque (77,6kg) x Niko Price (77,6kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Antônio Cara de Sapato (83,9kg) x Jack Marshman (84,4kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Elizeu Capoeira (77,6kg) x Max Griffin (77,6kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Hacran Dias (70,3kg) x Jared Gordon (70,8kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Deiveson Alcântara (57,2kg) x Jarred Brooks (56,7kg)
Peso-pesado (até 120,6kg): Marcelo Golm (109,8kg) x Christian Colombo (117kg)

Via COMBATE

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!