background img
jb

Presidente da Caixa garante financiamento de R$ 560 milhões para Sergipe

Gilberto Occhi esclarece que o recurso será repassado ao Estado de forma gradual, conforme andamento das obras

Até o final deste ano, Sergipe deverá dispor de R$ 560 milhões, fruto do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). A operação, que foi autorizada pela Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), servirá como aporte para a recuperação de rodovias estaduais. A Caixa Econômica Federal é a responsável pela concessão do recurso. O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, concedeu entrevista ao radialista George Magalhães,  na manhã desta sexta-feira, 03, e afirmou que os recursos serão disponibilizados de forma gradual, conforme o andamento das obras.

De acordo com Gilberto Occhi, o Finisa deverá trazer grandes benefícios para o Estado. “Estamos construindo a análise de projeto para que a gente possa submetê-lo ao Tesouro Nacional.  Estamos caminhando nesse trâmite para poder finaliza-lo, colher as assinaturas e comemorar essa linha de crédito, que vai trazer benefícios, trabalho, obras e um melhor atendimento para a população”, afirmou.

Segundo o presidente da Caixa, a garantia do empréstimo será do próprio Estado, mediante o recebimento do repasse do Fundo de Participação dos Estados. “Nós repassamos uma primeira parte, e o Estado fica responsável por executar as obras e comprovar o uso dessa parte. A partir daí, entra a segunda parte do recurso e assim sucessivamente”, esclareceu.

Occhi acrescenta que o setor Financeiro da Caixa está estudando o projeto para definir em quantas parcelas o empréstimo será concedido. Os juros também estão em estágio de cálculo, mas o presidente adianta que o valor deve seguir a variação da Taxa Selic.

“Estamos tramitando esta operação aqui na Caixa, que já está bastante adiantada. O governador Jackson Barreto esteve aqui para acompanhar o trâmite e apresentar a lei autorizativa da Assembleia e os projetos que serão objeto de financiamento. Em algum momento, essas operações passarão pelo crivo do Tesouro Nacional. Espero ter a oportunidade de fazer uma visita em Sergipe e assinar todos esses contratos. Ainda não temos data específica para a liberação, mas estamos trabalhando para que até o final desse ano possamos estar assinando esses contratos. Esse é o nosso grande objetivo”, explicou.

Tendo herdado dívidas de empréstimos concedidos em outras gestões, a administração atual já realizou a quitação de mais de R$ 750 milhões. Este é o primeiro financiamento solicitado pela gestão atual, que não deverá comprometer as finanças do Estado. O governador Jackson Barreto já detalhou a aplicação dos valores do Finisa.

“Vamos recuperar a rodovia de Itabaiana até Moita Bonita, passando por Cambo do Brito, Lagarto, Riachão do Dantas, Tobias Barreto, Poço Verde, Simão Dias, Pinhão. Essa rodovia será chamada de Rota do Agreste. Também iremos recuperar a rodovia Itabaianinha-Umbaúba; Graccho Cardoso-Aquidabã, chegando até a BR-101; Japoatã-Brejo Grande. No Sertão, iremos recuperar do trevo de Monte Alegre, na direção da Lagoa do Rancho, Lagoa da Volta. É um trabalho imenso de recuperação de rodovias”, disse.

 

Via ASN

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!