background img
new-york-supermoon-fran

Confira a galeria de imagens da Superlua neste domingo

Fotos do fenômeno astronômico foram registradas pelo mundo

Superlua foi registrada em diferentes países neste domingo (3). Nas fotos abaixo, os registros foram feitos em Mianmar, na Inglaterra, na França e em Israel. A Superlua ainda poderá ser observada em 1º e 31 de janeiro do ano que vem, segundo a agência espacial americana (Nasa).

A Superlua aparece quando a Lua está mais próxima ao planeta Terra. A Lua é o satélite natural da Terra. Para acompanhar o fenômeno astronômico não é necessário o uso de telescópios. As condições climáticas podem, porém, atrapalhar a visibilidade da Superlua.

Alguns equipamentos podem ajudar a enxergar a Superlua com mais detalhes, como lunetas, binóculos, telescópios ou câmeras.

Superlua em 31 de dezembro

Essas duas primeiras superluas – a deste domingo e a do feriado do dia 1º – são uma boa chance para treinar as fotografias do que promete ser a versão “especial” no ano que vem. No dia 31 de janeiro, o fenômeno será acompanhado de um eclipse lunar total.

A má notícia é que ele não será visível no Brasil. O eclipse será visto do oeste da América do Norte, em todo o Pacífico até a Ásia Oriental. A superlua do dia 31 também será a segunda lua cheia do mês de janeiro, chamada de Blue Moon (Lua azul).

A Superlua também pôde ser vista neste domingo (3) de Netanya, em Israel (Foto: Ariel Schalit/AP)

A Superlua também pôde ser vista neste domingo (3) de Netanya, em Israel (Foto: Ariel Schalit/AP)

A foto acima é um registro da equipe da Estação Espacial Internacional  (Foto: Nasa/Joel Kowsky/AP)

A foto acima é um registro da equipe da Estação Espacial Internacional (Foto: Nasa/Joel Kowsky/AP)

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!