background img
022c1c053005ad6d11a2539864374c50

Monumento em homenagem a Marcelo Déda recebe os últimos ajustes

Localizado no Parque da Sementeira, o memorial tem inauguração prevista para o próximo domingo, 11

Com inauguração prevista para o próximo domingo (11), o Monumento Governador Marcelo Déda está recebendo os últimos ajustes para se tornar o mais novo atrativo do Parque Augusto Franco (Sementeira). O projeto faz uma ligação entre o contato com a natureza, e a trajetória de um dos gestores que marcou a história política de Sergipe. No local, estrategicamente escolhido entre as árvores plantadas pelo ex-governador e sua esposa, a vice-prefeita Eliane Aquino, será fixada uma estátua fiel de Marcelo Déda, com o jornal ‘A Semana’, de Simão Dias, em seu colo.

“O pano de fundo desse local, que é uma obra de arte, é o plantio de árvores que aconteceu quando Déda era prefeito. E isso vai ficar marcado para o resto da vida com um significado muito especial da homenagem da gente sergipana a figura do saudoso governador Marcelo Déda. É uma obra diferente, assim como ele era, e que nos leva para um mundo extremamente moderno, com uma arquitetura bastante avançada, sinalizando as pessoas que têm compromisso com o novo tempo, com o futuro. Assumi o compromisso de retomar essa obra junto a Eliane Aquino e estamos entregando no dia que Déda completaria 58 anos ”, destacou o governador Jackson Barreto em uma das visitas à obra.

Ainda compõem a área onde foi erguido o monumento um espelho d’água e um grande disco, com o mapa de Sergipe gravado em granito. Para marcar a terra natal de Déda, uma nascente foi colocada exatamente em cima a localização do município de Simão Dias. Ao redor do espelho d´água, 52 duas estrelas, mais uma 53ª, localizada na nascente, representam os anos vividos por Déda. O moderno projeto de iluminação será conduzido através de sensores, onde cada estrela ficará acesa todas as noites.
De acordo com o diretor presidente do Instituto Banese, Ézio Déda, a ideia do monumento surgiu a partir do pedido feito pelo próprio Marcelo Déda, de que suas cinzas fossem depositadas na árvore que ele plantou enquanto prefeito de Aracaju. Após o seu falecimento, era preciso pensar sobre como fazer isso, sem criar uma atmosfera fúnebre.

Espaço contemplativo

“Desenvolvendo o projeto, veio a ideia de colocar uma escultura dele sentada embaixo da árvore que ele mesmo plantou. E as cinzas foram depositadas no meio do monumento, onde tem uma nascente de água acima. Atrás do monumento, temos seis painéis com informações sobre as décadas que ele viveu, uma biografia da vida dele. As pessoas poderão ver a escultura num espaço de contemplação, de memória, um espaço para lembrar dele de forma contemplativa. Esse espaço é uma forma de torná-lo sempre presente”, explicou Ézio Déda.

Além disso, o espaço oferece total acessibilidade, através de duas rampas laterais e uma escadaria principal. O memorial se traduz em uma grande homenagem a um dos estadistas mais influentes dos últimos anos, e deverá atrair não apenas os que frequentam o Parque, mas, principalmente, novos visitantes.

“O monumento vai ser um atrativo diferente para o parque, uma válida homenagem ao ex-governador do Estado. Vai embelezar ainda mais o parque que já é um ponto turístico da cidade, e valorizar o grande político que foi Marcelo Déda. Apesar de ser mais novo na época, acompanhei uma parte da atuação política dele. Foi um homem que realizou muitas iniciativas, muitas obras enquanto vivo, e que deixou um grande legado”, destacou o engenheiro elétrico, Lalchand Kumar, sergipano com descendência indiana, que frequenta o parque regularmente.

Para o senhor José Ferreira, que também frequenta o parque para fazer caminhadas, o monumento deverá atrair ainda mais visitantes. “Vai ser um novo espaço para quem vem ao parque, e uma forma de saber um pouco mais sobre quem foi Marcelo Déda. Uma bela homenagem”.

 

Via ASN

 

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!