background img
machado joao

Justiça bloqueia bens de João Alves e contas de José Carlos Machado

Pedido foi feito pelo Ministério Público em virtude das investigações da Operação ‘Caça Fantasma’.

A Justiça atendeu ao pedido do Ministério Público e bloqueou bens do ex-prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM) e as contas bancárias do ex-vice prefeito José Carlos Machado (PSDB). Os dois são investigados na Operação ‘Caça Fantasma’, que apura a distribuição de cargos comissionados durante a gestão do ex-prefeito.

O ex-prefeito João Alves filho teve uma das contas bancárias bloqueada, assim como o ex-vice prefeito José Carlos Machado, que ofereceu um terreno localizado no Povoado Mosqueiro, Zona Sul Aracaju, como garantia de um possível ressarcimento ao erário.

Segundo a decisão, o objetivo é assegurar o eventual ressarcimento de um possível prejuízo ao erário municipal que está sendo apurado. A Justiça pediu também informações ao Banco Central sobre possíveis planos de Previdência Privada de vários outros investigados na operação para que essas contas também sejam bloqueadas.

O advogado Cristiano Cabral, que faz a defesa de João Alves Filho, disse que ainda não foi citado e que prefere não se manifestar no momento. José Carlos Machado se manifestou através de nota. Ele confirmou que teve contas bloqueadas e que ofereceu o terreno como garantia do possível ressarcimento. O que segundo ele, comprova a boa fé e a clara intenção de colaborar com a Justiça.

Via G1 SE

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!