background img
86556c031c48f7ea7df3cc589616bdf7

Jackson entrega rodovia Japoatã-Propriá

A Rodovia Leudes Alves dos Santos (SE-204) é resultado de um investimento de R$ 14.030.645,94, recursos oriundos do Proinveste. A via segue o novo padrão estabelecido para rodovias estaduais, com 30 metros de faixa de domínio, 06 metros de pista de rolamento e com 1,5 metros de acostamento em cada lado da estrada

Com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento do Baixo São Francisco, o governador Jackson Barreto inaugurou, nesta quarta-feira (04), a Rodovia Leudes Alves dos Santos (Rodovia SE-204), que liga Propriá a Japoatã, um sonho antigo da população da região. A nova via possui 14,86 km de extensão e encurtará a distância dos dois municípios em aproximadamente 20 km.

O governador destacou que a obra  facilita o escoamento da produção de leite, arroz, carnes, coco, banana, cana-de-açúcar entre outros produtos, bem como o acesso aos municípios de Santana do São Francisco e Neópolis, no território do Baixo São Francisco, às cidades do Alto Sertão Sergipano e ainda aos municípios litorâneos de Pacatuba e Brejo Grande.

“A coisa que deixa um governador mais feliz é quando ele assume o compromisso, dá a palavra e cumpre. Assumi esse compromisso, o projeto já estava desde a época do governador Marcelo Déda, e nós colocamos em prática. Fomos à luta, com recursos do Proinveste, e fizemos essa obra. Esse é um presente do Estado para Japoatã e Propriá, mas o benefício se estende para toda a região. Ela é importante para Telha, Amparo, Neópolis, muito importante para Cedro de São João, para encurtar a distância a Brejo Grande, a Pacatuba e a Ilha das Flores. Temos Propriá como centro comercial e agora conseguimos encurtar tempo, uma vez que a estrada de piçarra prejudica os veículos. Mas hoje temos o conforto de viajar bem e conservar nossas frotas”, disse Jackson.

Segundo o chefe do executivo estadual, com os investimentos do Estado no Baixo São Francisco, a região terá uma malha viária adequada ao desenvolvimento dos seus municípios.

“O projeto, que estamos esperando a assinatura do presidente da República, não é mais tapa buraco, é uma nova rodovia que nasce no povoado Tatu, passa por Pacatuba, Ilha das Flores e Brejo Grande e vai ligar com a que estamos trazendo de Pirambu. Significa melhorar a qualidade de vida das pessoas, oferecer mais segurança, mais mobilidade, mais desenvolvimento. Significa também atrair mais investimentos, porque as empresas, indústrias e fábricas só chegam quando encontram uma região com uma infraestrutura preparada com água, energia e rodovia. É, sem dúvida alguma, o trio que qualquer empresário conjuga para poder levar o seu investimento. Por outro lado, tem o escoamento da produção da região. Temos que pensar hoje no futuro dessa região e uma alternativa é a carcinicultura, já que a criação de camarão vem crescendo muito por aqui, gerando renda e emprego. O governo do Estado tem ajudado muito os carcinicultores da região do Baixo São Francisco, porque nós encontramos nesse braço, um processo de desenvolvimento para a região, que ainda é a mais pobre do estado. O governo está fazendo a sua parte, com investimentos em rodovias, fazendo obras, entregando a população. O nosso sonho era que o governo de Alagoas concordasse conosco para que o projeto da futura ponte não fosse na região de Neópolis, já que a rodovia passa fora da cidade, o que não traria tanto desenvolvimento. E que a ponte fosse aqui próximo a Brejo Grande, como já existe um projeto nosso, para sair lá em Piaçabuçu, o que traria um desenvolvimento imenso aqui nessa região, além do que o governo já está fazendo e que foi seu compromisso”, vislumbrou o governador.

O prefeito de Japoatã, José Magno da Silva, falou da alegria de inaugurar a pavimentação asfáltica da estrada. “É importante porque facilita a vida de todos os japoatãnenses e população das cidades vizinhas. Antes, eram 40 km que foram reduzidos para apenas cerca de 15 km. Isso gera economia de tempo, financeira e traz desenvolvimento para todos os municípios da região. Devemos isso ao governador Jackson”, declarou.

De acordo com o prefeito de Propriá, Iokanaan Santana, a nova rodovia tanto traz esperança para novos projetos de desenvolvimento como ajuda a integrar a região. “Essa obra tem uma grande importância, visto que as distâncias serão encurtadas e o acesso aos municípios acontecerá com maior rapidez. Será muito proveitoso para os municípios de Cedro de São João, Telha, Amparo, São Francisco, Japoatã, Ilha das Flores, Brejo Grande e regiões circunvizinhas. Iremos nos unir para que possamos fazer dessa rodovia o nosso ganha pão, desenvolver a cidade, trabalhar para utilizá-la da melhor forma possível, a fim de que possamos coletivamente fazer uma cidade e um estado melhor e voltado para todos”.

Para a dona de casa Eurides Menezes Bispo, a rodovia é motivo de comemoração para os moradores da região. “Antes era terrível, estrada de chão, sem estrutura alguma. Estamos muito felizes porque vai facilitar muito. Será bem mais seguro e rápido trafegar nesta nova rodovia”, declarou.

O aposentado Avacir Alves Pereira, 66 anos, morador do município de Japoatã, enumerou os benefícios trazidos com a nova estrada. “Sou nascido e criado aqui em Japoatã. Estou muito alegre. Desde que me conheço por gente, presencio a necessidade de uma rodovia até Propriá. A gente se desloca muito para região para fazer negócios, estudar e conseguir atendimento médico. Enfim, esta obra será de muita utilidade porque vai facilitar no deslocamento e economizar tempo também. Estamos muito gratos ao governador Jackson Barreto por abrir essa estrada”, revelou.

O senhor Raimundo Xavier confirmou as melhorias alcançadas a partir rodovia. “Era muito ruim antes. Hoje está uma maravilha. Vou sempre a Propriá. Vai facilitar não só para Japoatã e Propriá, assim como o município de Telha, povoados, a região como um todo. Nossa economia gira em torno da agricultura, pecuária e também do comércio e essa nova pista vai ajudar a desenvolver a região”.

A rodovia

A Rodovia Leudes Alves dos Santos (SE-204) é resultado de um investimento de R$ 14.030.645,94, recursos oriundos do Proinveste. A via segue o novo padrão estabelecido para rodovias estaduais, com 30 metros de faixa de domínio, 06 metros de pista de rolamento e com 1,5 metros de acostamento em cada lado da estrada.

“Quando o governador determinou que nós fizéssemos o estudo dessa obra, pensamos de maneira macro. Por exemplo, quantos municípios vão ser beneficiados com essa estrada. Você encurta distâncias, oferece mais segurança, mais mobilidade. E, como bem falou o governador, nós estamos fazendo a obra de Pirambu/Pacatuba, que na hora que ela estiver pronta vai ter essa ligação com essa estrada. Tudo isso é um estudo de maneira macro, dessas rodovias com as pontes, com essa infraestrutura rodoviária. Não adianta se fazer uma obra, ligar um município a outro e ela ficar perdida no meio do universo. Temos que fazer interligando, isso é um quebra-cabeças. O governo fez, ao longo desses 10 anos, mais de 400km de rodovias novas e restaurou mais de 500km. Ou seja, mais de R$800 milhões em rodovias. É planejamento, vontade e sensibilidade do governo para que a gente, cada vez mais, transforme a vida da população. É o que temos feito”, explicou o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa.
O homenageado

Leudes Alves dos Santos nasceu em Japoatã em 15 de março de 1930 e faleceu em 23 de setembro de 1980. Leudes Alves dos Santos era filho de Oséas Alves dos Santos, prefeito de Japoatã de 1959 a 1962, precursor político da família. Casou-se com professora Maria Estela Guimarães Santos, com quem teve quatro filhos: Telmo, Adelmo, Angélica e Vera. Leudes dedicou a vida ao trabalho e aos mais pobres. Caminhoneiro, ele transportou cimento para a construção de Brasília. Manteve relações comerciais e agropecuárias com o município e o povo propriaense. O homenageado teve atuação política destacada, exercendo mandato de vereador, dando sequência a uma trajetória familiar na política, que foi seguida por seus filhos: o ex-prefeito Telmo Guimarães e a ex-Prefeita, ex-deputada, ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe e, hoje, conselheira do TCE, a médica Maria Angélica Guimarães Marinho.

Destaque-se que o homenageado foi uma das primeiras vozes a levantar-se para que a distância entre Japoatã e Propriá fosse encurtada através de uma rodovia interligando os dois municípios.

Em nome da família, a conselheira Angélica Guimarães, falou da gratidão pela homenagem ao seu pai. “Saúdo o governador; a todos os prefeitos aqui presentes em nome do prefeito José Magno da Silva; a todos os ex-prefeitos em nome do meu irmão, Telmo Guimarães; a todos os secretários em nome do super secretário de Estado, Valmor Barbosa; vereadores de Japoatã; meus amigos; amigas e meus familiares. É um momento de muita alegria. Aqui quem vos fala não é a ex-deputada e presidente da Alese. Quem está falando é a filha de um cidadão honrado. Em se tratando do meu pai, falando do homem humilde que tinha orgulhoso de dizer que, enquanto caminhoneiro, levou cimento para construção de Brasília, se aventurou pelas estradas e participou do desenvolvimento do Brasil. Ele dizia sempre que ajudou a construir nosso país. Um homem simples, mas sempre voltado à caridade, com um olhar diferenciado à pobreza do nosso município. Depois virou comerciante e foi pioneiro em Japoatã ao trazer o primeiro posto de gasolina à cidade, empregando muita gente. Ele tinha visão de futuro.  Sempre realizou trabalhos social e o sonho dele, como nosso sonho e de toda população de Japoatã, era a pavimentação dessa estrada. E chegou o momento, a hora, pois tudo tem seu tempo, tempo de plantar e colher, e agora estamos colhendo os frutos. Toda Japoatã está muito feliz com esta rodovia. Estamos orgulhosos pelo legado de honradez e honestidade que meu pai deixou. Quero agradecer em nome da minha mãe, dos meus irmãos e de todo povo de Japoatã por colocar o nome do meu pai nesta obra, que fez história nesta terra, grande cidadão que muito trabalhou, especialmente por amor ao próximo”, discursou Angélica Guimarães.

Propriá 

Em Propriá, o governador Jackson Barreto, acompanhado do prefeito Iokanaan Santana, do ex-prefeito do município, Renatinho Brandão, do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, José Augusto Pereira, e do presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais de Sergipe (Codise), Eugênio Dezen, visitou áreas para possíveis instalações de futuros investimentos privados no município.

 

Via ASN

 

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!