background img
78a4f15120da3bcc503f7f3fdea4e179

Governador Jackson Barreto emite nota sobre o comandante do Pelotão da Caatinga

O Pelotão da Caatinga receberá o nome do Capitão Oliveira para perpetuar seu legado junto a essa unidade da Polícia Militar

O assassinato do Capitão Oliveira, comandante do Pelotão da Caatinga, chocou todo estado de Sergipe pela violência e covardia. Um homem exemplar, um policial militar abnegado, que amava sua profissão, mas, principalmente, que dedicava sua vida para defender a vida das outras pessoas e garantir a segurança de toda comunidade.

Capitão Oliveira era um sertanejo forte, um filho de Porto da Folha com descendência dos índios Xocós. Um verdadeiro guerreiro, destemido, corajoso, mas, ao mesmo tempo, uma pessoa do bem, amigável, um excelente filho, pai, irmão, amigo.

Presto meus votos de pesar a todos seus familiares e amigos e a toda família militar que se sente também agredida por essa tragédia. Não descansaremos até que os envolvidos nesse crime bárbaro sejam capturados e a justiça seja feita. Toda a Secretaria de Estado da Segurança Pública está mobilizada no sentido de buscar os culpados e não irá parar até as últimas consequências. Esses bandidos mexeram com as pessoas erradas. Nosso estado, nossas instituições, nossos policiais, todos juntos, estaremos unidos em torno desse caso na busca de respostas e de uma solução.

Iremos denominar oficialmente o Pelotão da Caatinga com o nome do Capitão Oliveira para perpetuar seu legado junto a essa unidade da Polícia Militar que ele fundou, comandou e tanto amou.

 

Via ASN

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!