background img
WhatsApp Image 2018-08-16 at 18.00.45

Governo anuncia nova data do TAF para reclassificados no concurso de soldado da Polícia Militar

Prova será realizada nos dias 2, 3 e 4 de setembro.

O governo anunciou nesta quarta-feira (22) um novo calendário para o Teste de Aptidão Física (TAF) para os reclassificados no concurso público para o cargo de soldado da 3ª classe da Polícia Militar (PM).

A prova será realizada nos dias 2, 3 e 4 de setembro na Universidade Federal de Sergipe (UFS). O Diário Oficial do Estado de Sergipe vai publicar até essa sexta-feira (24) o novo cronograma do concurso.

TAF, que ocorreria nos dias 20, 21 e 22 de agosto, foi cancelado por decisão do juízo da Comarca de São Cristovão, Manoel da Costa Neto, que concedeu liminar anulando as questões 87 e 88 do concurso e determinando a reclassificação dos 69.281 candidatos ao concurso de soldado da PM em Sergipe.

A liminar foi dada na última sexta-feira (17), em atendimento a uma ação de uma candidata que alegou não constar no edital do concurso o assunto abordado nas questões 87 e 88.

Com a reclassificação feita pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), responsável pelo concurso, 100 candidatos ficaram de fora da lista de classificação para a segunda etapa do concurso e 129 entraram, em razão de empates na pontuação.

Segundo o secretário Rosman Pereira, o novo cronograma do concurso será publicado ainda nesta quarta-feira, no site do IBFC, com endereço eletrônico.

Entenda o caso

As provas foram realizadas no dia 1º de julho, quando dois homens foram presos em flagrante na tentativa de fraudar o concurso.

No dia 14 de agosto, o magistrado já tinha anulado a questão para uma outra candidata que havia entrado com uma ação. No último dia 2, o Manoel da Costa Neto tinha concedido uma liminar suspendendo o concurso da Polícia Militar de Sergipe atendendo a um pedido de dois candidatos que participaram da prova objetiva e se sentiram prejudicados pela suspeita de fraude.

O desembargador Roberto Eugênio da Fonseca Porto, suspendeu a liminar no dia 10 de agosto. Em seu entendimento, ele destacou que o concurso se mantém íntegro, uma vez que as tentativas de fraude foram neutralizadas pela empresa organizadora e a Polícia Militar de Sergipe.

Um deles foi submetido a exame de raio-x onde foi detectado um aparelho de celular escondido dentro de um gesso que protegia o braço esquerdo. O outro estava com um aparelho celular colado com fita embaixo da mesa da prova.

Os suspeitos da fraude permanecem presos e as investigações continuam para apurar se existem novos envolvidos no caso.

Via G1 SE

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!