background img
lulainapto

Coligação do PT informa ao TSE que trocou propaganda da TV que mostrava Lula como candidato

Neste domingo (2), ministro do TSE determinou que chapa petista suspendesse qualquer propaganda no rádio que apresentasse Lula como candidato à Presidência. Ação foi movida pelo partido Novo.

A coligação que reúne PT, PCdoB e PROS comunicou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que “voluntariamente” promoveu a troca da propaganda eleitoral a ser exibida ainda nesta segunda-feira (3) na TV que ainda mostrava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao Palácio do Planalto.

Várias ações foram apresentadas no fim de semana, depois que o TSE rejeitou, em julgamento concluído na madrugada de sábado (1º), a candidatura de Lula. Na ocasião, a Corte liberou a propaganda do PT, mas sob a condição de que o ex-presidente não fosse apresentado como candidato.

No início da tarde desta segunda, a presidente do TSE, Rosa Weber, registrou em despacho que a coligação informou ter “promovido a alteração da mídia”, procedimento para mudar a propaganda a ser exibida.

A coligação pediu que o TSE tome as “devidas providências para garantir a regular veiculação em rede e inserções da nova propaganda eleitoral”. No despacho, a ministra mandou comunicar o Ministério Público da mudança.

Rádio

Na noite desde domingo (2), o ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, determinou que a coligação encabeçada pelo PT suspendesse qualquer propaganda no rádio que apresentasse Lula como candidato à Presidência.

O ministro fixou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento para cada programa no rádio com tal mensagem. O Partido Novo, autor do pedido, também pediu a suspensão de propaganda de TV com Lula como candidato.

Via G1

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!