background img
joaodoria_kt762jj

‘No meu PSDB, acabou o muro’, diz Doria após ser eleito governador

Por Paula Paiva Paulo , G1 SP — São Paulo

Governador eleito com 51,75% dos votos, João Doria (PSDB) afirmou, na noite deste domingo (28), no Club Homs, na Avenida Paulista, na Zona Sul de São Paulo, que a legenda, durante seu governo, terá um posicionamento definido.

“A partir de 1° de janeiro, no meu PSDB, acabou o muro. Não tem mais muro. Este será o novo PSDB, um partido que tem lado”.

Doria também defendeu a unidade do país, e disse que é hora de “pacificar o Brasil”.

“Não podemos de forma alguma iniciar o ano com o Brasil dividido. Agora é hora de união. Temos que ter grandeza”, disse em coletiva de imprensa. O ex-prefeito da capital paulista afirmou que irá “governar para todos”.

Mantendo o discurso que usou durante o segundo turno da campanha, citou o candidato Jair Bolsonaro, eleito presidente nesta noite.

João Doria beija a mulher Bia Doria durante coletiva — Foto: GloboNews/Reprodução

João Doria beija a mulher Bia Doria durante coletiva — Foto: GloboNews/Reprodução

“Bolsonaro é o presidente que vai unificar o Brasil”, disse Doria, que contou ter recebido uma ligação do presidente eleito pelo PSL.

Segundo o tucano, foi uma conversa “lúcida, serena, motivadora” e que eles irão se encontrar nessa semana.

Doria também disse que recebeu telefonemas de Márcio França (PSB) e de Paulo Skaf (MDB). “É assim que se faz política com grandeza”, elogiou os adversários.

Entretanto, destacou que não tinha recebido os cumprimentos de seus companheiros de partido, o ex-governador Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Futuro do PSDB

Doria disse que é filiado desde 2001, que não é um “filiado de ocasião”. “Vou continuar no PSDB”, disse Doria, soletrando lentamente as letras do partido.

Questionado se a correlação de forças irá mudar no partido, ele confirmou. “Logicamente que a correlação de forças muda. É da política isso”.

“Temos que interpretar essa eleição com muita humildade. O PSDB precisa se sintonizar com o momento presente e futuro do nosso país”, analisou o tucano.

Plano de governo

O governador eleito afirmou que irá criar uma Secretaria do Interior. “Serei um governador municipalista”. Também disse que irá reduzir o número de secretarias, mas sem falar em números.

Doria também não citou nomes de possíveis secretários, mas disse que sairão de seus grupos temáticos que o ajudaram a fazer o plano de governo.

Questionado se Alckmin teria um lugar em seu novo governo, disse que ele tem todas as “habilidades” para isso e que “é sempre um nome para ser lembrado”.

Veja a lista dos governadores eleitos em São Paulo desde 1982 — Foto: Editoria de Arte/G1

Veja a lista dos governadores eleitos em São Paulo desde 1982 — Foto: Editoria de Arte/G1

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!