A verdade contada como ela é.

Sisu 2019: Veja as notas de corte parciais mais altas em cada estado


Por Ana Carolina Moreno, Leandro Oliveira, Rodrigo Esteves e Rodrigo Viana, G1, G1

Medicina é o curso com a nota de corte mais alta no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 22 estados brasileiros, segundo um levantamento feito pelo G1 com base nas informações divulgadas pelo Ministério da Educação e disponíveis no site do Sisu durante a madrugada desta sexta-feira (25).

Além de medicina, os cursos que têm as notas de corte parciais mais altas são direito, engenharia civil e engenharia aeronáutica.

O levantamento abrange o Distrito Federal e os 25 estados que aderiram a essa edição do Sisu – Rondônia é o único estado que não tem instituições participantes da seleção.

Notas de corte do Sisu 2019 por estado — Foto: Fernanda Garrafiel/G1

Notas de corte do Sisu 2019 por estado — Foto: Fernanda Garrafiel/G1

As inscrições para a edição do primeiro semestre de 2019 do Sisu foram prorrogadas pelo Ministério da Educação e podem ser feitas pela internet até as 23h59 de domingo (27).

A nota de corte do Sisu

As notas de corte são parciais e calculadas com base na nota dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a quantidade de vagas. Elas servem como um indicativo de quantos pontos um candidato necessitaria para ser aprovado naquela disputa.

Cada curso pode ter mais de uma nota corte, já que a disputa varia de acordo com as modalidades, tanto de ampla concorrência quanto de cotas raciais, sociais, de renda e para pessoas com deficiência.

No caso da ampla concorrência, algumas instituições oferecem bônus na nota do Enem a candidatos que cumpram determinados requisitos. Em geral, a pontuação extra é oferecida a residentes locais, como uma forma de evitar que um grande número de vagas seja preenchido por candidatos de fora da região ou do estado.

É o que faz o campus de Caicó da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde o bônus chega a 20%. Nesse caso, a disputa pelas 20 vagas de medicina ali fizeram com que a nota de corte chegasse a 902,05.

As maiores notas de corte do Sisu 2019 por estado:

  • Acre: medicina (Ufac, campus Rio Branco): 861,77 (ampla concorrência)
  • Alagoas: medicina (Ufal, campus A. C. Simões): 785,56 (ampla concorrência)
  • Amazonas: medicina (Ufam, campus Manaus): 808,42 (ampla concorrência)
  • Amapá: medicina (Unifap, campus Marco Zero): 781,80 (ampla concorrência)
  • Bahia: medicina (Uesc, campus Ilhéus-Salobrinho): 792,20 (ampla concorrência)
  • Ceará: engenharia civil (IFCE, campus Fortaleza): 874,85 (ampla concorrência)
  • Distrito Federal: medicina (UnB, campus Darcy Ribeiro): 820,66 (ampla concorrência)
  • Espírito Santo: medicina (Ufes, campus de Ciências da Saúde): 807,79 (ampla concorrência)
  • Goiás: medicina (UFG, campus Goiânia): 797,50 (ampla concorrência)
  • Maranhão: medicina (Ufma, Cidade Universitária): 788,26 (ampla concorrência)
  • Mato Grosso: medicina (UFMT, campus de Cuiabá): 787,76 (ampla concorrência)
  • Mato Grosso do Sul: medicina (UFMS, campus de Três Lagoas): 816,22 (ampla concorrência)
  • Minas Gerais: medicina (Ufop, campus Morro do Cruzeiro): 812,96 (ampla concorrência)
  • Pará: direito (Unifesspa, campus Marabá): 861,89 (ampla concorrência)
  • Paraná: medicina (UFPR, campus Centro): 827,43 (ampla concorrência)
  • Paraíba: medicina (UFPB, campus Sede): 788,36 (ampla concorrência)
  • Pernambuco: medicina (UFPE, campus Caruaru): 853,62 (ampla concorrência)
  • Piauí: medicina (UFPI, campus Sede): 802,11 (ampla concorrência)
  • Rio de Janeiro: direito (UFF, campus Aterrado): 834,47 (ampla concorrência)
  • Rio Grande do Norte: medicina (UFRN, campus Caicó): 902,05 (ampla concorrência)
  • Rio Grande do Sul: medicina (UFCSPA, campus Central): 798,14 (ampla concorrência)
  • Roraima: medicina (UFRR, campus Paricarana): 775,33 (ampla concorrência)
  • Santa Catarina: medicina (UFSC, campus Sede): 821,65 (ampla concorrência)
  • São Paulo: engenharia aeronáutica (USP, campus São Carlos): 894,75 (ampla concorrência)
  • Sergipe: medicina (UFS, campus da Saúde): 785,22 (ampla concorrência)
  • Tocantins: medicina (UFT, campus Palmas): 786,96 (ampla concorrência)
Tags: