A verdade contada como ela é.

Jon Jones e Anthony Smith colocam Marreta próximo da disputa do título: “Logo, logo”


Por Camilo Pinheiro Machado, Evelyn Rodrigues e Zeca Azevedo — Las Vegas, EUA

Jon Jones e Anthony Smith se enfrentam pelo cinturão meio-pesado (até 93kg) do Ultimate no próximo sábado, na luta principal do UFC 235, em Las Vegas. Os dois, porém, já vislumbram o próximo passo, e colocaram um brasileiro no radar. Thiago Marreta já é uma realidade ao ocupar hoje o quarto lugar do ranking após três vitórias seguidas na divisão. Quatro dias depois de o brasileiro nocautear Jan Blachowicz no UFC Praga, Jones e Smith o apontam como forte a candidato a ser o desafiante da vez a partir de sábado.

– Thiago Santos, sim! Ele está muito bem, se apresentando muito bem. O vejo sendo um desafiante ao título da divisão logo, logo. Estou aqui esperando os melhores lutadores do mundo, e ele está provando ser um deles – disse Jon Jones em entrevista exclusiva ao Combate.

No sábado, Jon Jones defenderá pela primeira seu cinturão após reconquistá-lo na luta anterior, quando bateu Alexander Gustafsson. Anthony Smith é o encarregado da vez de tentar pará-lo, e analisou a atuação de Marreta no evento da semana passada.

– Ele parece bem. Foi a primeira vez que vi Thiago (Marreta) lutando de forma calculada, e não explodindo em ataque, e sempre fico com medo de ele fazer algo errado. Mas esse é o motivo que o faz tão perigoso, porque ele parte para cima e é muito agressivo, selvagem. Mas não sei se ele lutaria contra mim dessa maneira. Acho que ele está muito bem, fazendo um trabalho fenomenal, e mostrando o que todos querem ver. Essa ação é que faz as pessoas verem as lutas – afirmou.

Thiago Marreta e Anthony Smith já se enfrentaram no peso-médio, e o brasileiro venceu por nocaute no segundo round, em fevereiro de 2018. Se o americano destronar Jon Jones, já avisou que não vê problema em fazer uma nova luta com Marreta.

– Talvez (possa ser o próximo adversário após Jones). Vai depender do que acontecer. Vou vencer e sei como as coisas funcionam, Jon Jones vai querer a revanche, mas por mim, posso lutar antes contra o Thiago (Marreta).

Jon Jones elogiou desempenho de Thiago Marreta no UFC Praga — Foto: Zeca Azevedo

Jon Jones elogiou desempenho de Thiago Marreta no UFC Praga — Foto: Zeca Azevedo

Serviço do UFC 235

Na próxima sexta-feira, a partir de 14h (de Brasília), o Combate.comtransmite ao vivo a pesagem oficial do UFC 235, e às 21h (de Brasília) acontece a pesagem cerimonial, com as encaradas, em que terá transmissões ao vivo no CombateCombate.com e SporTV 3.

Já no sábado, o Combate transmite todo o card com exclusividade, a partir de 20h15 (de Brasília), e o Combate.com exibe as duas primeiras lutas, enquanto o SporTV 3 acompanha as duas primeiras lutas a partir de 20h30 (de Brasília).

UFC 235
2 de março de 2019, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Jon Jones x Anthony Smith
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Kamaru Usman
Peso-meio-médio: Ben Askren x Robbie Lawler
Peso-palha: Tecia Torres x Weili Zhang
Peso-galo: Cody Garbrandt x Pedro Munhoz
CARD PRELIMINAR (20h15, horário de Brasília):
Peso-pena: Jeremy Stephens x Zabit Magomedsharipov
Peso-meio-pesado: Misha Cirkunov x Johnny Walker
Peso-galo: Alejandro Perez x Cody Stamann
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Mickey Gall
Peso-médio: Charles Byrd x Edmen Shahbazyan
Peso-galo: Gina Mazany x Macy Chiasson
Peso-galo: Marlon Vera x Frankie Saenz
Peso-palha: Polyana Viana x Hannah Cifers

Tags: