background img

SpaceX pousa os três propulsores do foguete Falcon Heavy pela 1ª vez

Empresa de Elon Musk aposta na reutilização de partes dos foguetes para cortar custos no lançamento de satélites e da exploração espacial

Da EFE

O foguete Falcon Heavy, da empresa americana SpaceX, foi lançado nesta quinta-feira (11) do Cabo Canaveral, na Flórida, para colocar em órbita o satélite Arabsat 6A.

O foguete mais potente do planeta partiu às 18h35 (horário local, 19h35 em Brasília) da histórica plataforma 39A do Centro Especial Kennedy, a mesma do lançamento das missões lunares do programa Apolo, e conseguiu recuperar pela primeira vez os três propulsores.

Menos de oito minutos depois da decolagem, os dois propulsores laterais retornaram à Terra em uma área da Força Aérea dos Estados Unidos no complexo de Cabo Canaveral. Já o foguete central fez o mesmo um minuto depois em uma plataforma no Oceano Atlântico.

A aterrissagem dos três propulsores representa uma nova etapa na trajetória da SpaceX, de propriedade do magnata Elon Musk, que tem como política reutilizar os foguetes para reduzir custos.

O lançamento foi atrasado devido às condições meteorológicas, é o segundo desde a viagem inicial da Falcon Heavy em fevereiro de 2018. Na ocasião, a nave realizou um voo de teste com sucesso.

Mais de um ano depois, a Space X lançou a Falcon Heavy, de 70 metros de altura e projetada para transportar mais de 64 toneladas de carga, com o Arabsat 6A a bordo, um moderno satélite de comunicações produzido pela Lockheed Martin.

O moderno e inovador satélite fornecerá serviços de televisão, rádio, internet e comunicação móvel para Europa, Oriente Médio e África, de acordo com a SpaceX.

Quase 30 minutos depois do lançamento, o satélite se separou do foguete e foi colocado na órbita que percorrerá nos próximos anos com sucesso.

Assista o lançamento do foguete Falcon Heavy:

 

 

Tags relacionadas
Veja também
Comentários

Comentários encerrados!