A verdade contada como ela é.

Entenda por que o Everest está engarrafado


Ao menos 10 pessoas já morreram neste ano durante a escalada; filas contribuem para óbitos

New York Times

 Ed Dohrin, um médico do Arizona, sonhou a vida inteira em chegar ao pico do monteEverest . Há alguns dias, quando finalmente chegou ao cume da montanha, ficou chocado com o que viu.

Alpinistas se empurravam e tiravam selfies espremidos. A parte plana do pico, que Dohrin estima ter o tamanho de duas mesas de ping-pong, estava lotada com 15 ou 20 pessoas. Para chegar até lá, precisou esperar horas em uma linha, jaquetas cortavento uma atrás da outra, no torso congelado de uma montanha a milhares de metros de altura.

No caminho, precisou até passar pelo corpo de uma mulher que havia acabado de morrer.

— Foi assustador — disse o médico, por telefone, de Katmandu, no Nepal, onde descansava em um hotel. — Era como um zoológico.

Esta foi uma das temporadas com o maior número de mortes no Everest, com pelo menos dez vítimas fatais. Algumas dessas vidas, contudo, poderiam ter sido salvas.

Desta vez, o problema não está em avalanches, nevascas ou ventos fortes. Alpinistas veteranos e especialistas da indústria culpam o grande número de pessoas no monte e, em particular, os vários montanhistas inexperientes.

Empresas de turismo de aventura estão levando para a montanha alpinistas sem prática que representam um risco para todos na região. O governo nepalês, afeito aos dólares que arrecada com o Everest, emitiu mais permissões do que a área é capaz de sustentar com segurança, afirmam escaladores veteranos.

Outra razão é atração incomparável que a montanha mais alta do mundo exerce sobre os aventureiros. Isso sem falar que o Nepal, um dos países mais pobres da Ásia e ponto de partida de maior parte das expedições, tem um longo histórico de regulamentações fracas, má administração e corrupção.

Alpinistas fazem o seu caminho até o topo do Monte Everest, enquanto sobem na face sul do Nepal Foto: PHUNJO LAMA / AFP
Ao menos 10 pessoas já morreram neste ano durante a escalada Foto: STRINGER / REUTERS
Alpinistas caminham perto do acampamento do Monte Everest, enquanto se preparam para subir na face sul do Nepal Foto: PHUNJO LAMA / AFP
Alpinistas sobem o caminho do cume do Monte Everes Foto: GESMAN TAMANG / AFP
Tags: