A verdade contada como ela é.

Datafolha aponta que 47% são a favor e 44% contra reforma da Previdência proposta por Bolsonaro


Pesquisa foi realizada nos dias 4 e 5 de julho com 2.086 entrevistados com mais de 16 anos, em 130 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Por G1

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (9) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra os seguintes percentuais de apoio à reforma da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro:

  • Contra: 44%
  • A favor: 47%
  • Não sabe: 6%
  • Indiferente: 3%

A pesquisa foi realizada nos dias 4 e 5 de julho com 2.086 entrevistados com mais de 16 anos, em 130 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro.

Na pesquisa anterior do instituto, realizada em abril, os resultados foram os seguintes:

  • A favor: 51%
  • Contra: 41%
  • Não sabe: 7%
  • Indiferente: 2%

A queda na rejeição e o crescimento do apoio à reforma entre abril e julho ocorreram entre homens e mulheres, e em todas as faixas de idade, escolaridade e renda familiar, segundo o Datafolha (veja nos recortes abaixo).

Após cinco meses de tramitação, a proposta do governo deve começar a ser discutida – e, para parlamentares mais otimistas, votada – no plenário da Câmara dos Deputados.

Para garantir votos, o governo exonerou dois dos quatro ministros que também são deputados, Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Marcelo Álvaro Antônio (Turismo). Tereza Cristina (Agricultura) também deve deixar o cargo provisoriamente. Apenas Osmar Terra (Cidadania) informou que não voltará à Câmara, pois seu suplente, Darcísio Perondi (MDB-RS), é favorável à reforma.

 — Foto: Arte/G1

— Foto: Arte/G1

Por sexo

Homens

  • A favor: 57% (eram 48% em abril)
  • Contra: 38% (eram 45%)

Mulheres

  • A favor: 39% (eram 34%)
  • Contra: 50% (eram 56%)

Por faixa etária

16 a 24 anos

  • A favor: 41% (eram 37%)
  • Contra: 50% (eram 50%)

25 a 34 anos

  • A favor: 43% (eram 37%)
  • Contra: 50% (eram 56%)

35 a 44 anos

  • A favor: 44% (eram 41%)
  • Contra: 50% (eram 50%)

45 a 59 anos

  • A favor: 53% (eram 40%)
  • Contra: 38% (eram 52%)

60 anos ou mais

  • A favor: 54% (eram 48%)
  • Contra: 36% (eram 41%)

Escolaridade

Fundamental

  • A favor: 51% (eram 42%)
  • Contra: 39% (eram 47%)

Médio

  • A favor: 44% (eram 40%)
  • Contra: 47% (eram 52%)

Superior

  • A favor: 48% (eram 40%)
  • Contra: 48% (eram 54%)

Faixa de renda

Até 2 salários mínimos

  • A favor: 43% (eram 37%)
  • Contra: 47% (eram 53%)

Mais de 2 salários mínimos

  • A favor: 48% (eram 41%)
  • Contra: 46% (eram 51%)

Mais de 5 a 10 salários mínimos

  • A favor: 55% (eram 47%)
  • Contra: 40% (eram 46%)

Mais de 10 salários mínimos

  • A favor: 69% (eram 50%)
  • Contra: 26% (eram 47%)
Tags: