A verdade contada como ela é.

‘Ministério Público abusa, fui vítima disso’, diz Bolsonaro


Presidente afirmou que já decidiu vetar nove pontos do projeto de abuso de autoridade

Daniel Gullino

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que membros do Ministério Público cometem abuso de autoridade em diversas ocasiões e disse que ele mesmo foi vítima disso. Bolsonaro fez o comentário enquanto falava dos vetos que deve fazer no projeto sobre o tema, aprovado recentemente no Congresso.

— Deixo bem claro. O Ministério Público, em muitas oportunidades, abusa. Abusa. Eu sou uma vítima disso. Respondi tantos processos no Supremo por abuso de autoridade. Isso não pode acontecer. Todo o MP, eu sei que grande parte é responsável, mas individualmente alguns abusam — disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada.

O prazo para que Bolsonaro apresente o próprio parecer em relação ao projeto que prevê punições para o abuso de autoridade termina na quinta-feira.

Até aqui, o presidente disse que pretende vetar nove pontos do projeto, e que está analisando ainda um décimo. O único trecho que o presidente já adiantou que irá vetar é que prevê punição para o uso irregulares de algemas.

— Nove estão garantidos, vou discutir o último — voltou a repetir nesta segunda, conforme já havia dito no fim de semana.