A verdade contada como ela é.

Presença de elefantas em santuário provoca equilíbrio da flora e fauna em MT, diz Sema


Atualmente, o local abriga quatro elefantas asiáticas, conhecidas como Maia, Rana, Ramba e Lady.

Por G1 MT

A presença de elefantas no Santuário dos Elefantes, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, provocou o equilíbrio da flora e fauna na região, segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema). Atualmente, o local abriga quatro elefantas asiáticas, conhecidas como Maia, Rana, Ramba e Lady, que foram resgatadas de circos onde sofriam maus-tratos.

A instituição começou operar no local há três anos. As áreas que eram utilizadas para pastagem agora estão em plena regeneração e recomposição.

Rana e Ramba são companheiras no santuário — Foto: Santuário dos Elefantes/Divulgação

Rana e Ramba são companheiras no santuário — Foto: Santuário dos Elefantes/Divulgação

Especialistas da secretaria explicaram que, com a volta do Cerrado, a oferta de alimentos aumenta e atrai diversos tipos de animais, desde perdiz até antas, que há anos não eram mais vistos na região.

Sema realizou visita técnica no santuário e constatou mudanças na fauna e flora — Foto: Tchélo Figueiredo/Secom

Sema realizou visita técnica no santuário e constatou mudanças na fauna e flora — Foto: Tchélo Figueiredo/Secom

Na semana passada, a secretária estadual de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, realizou uma visita técnica e disse que as alterações devem ser documentadas para que sirvam de fontes de pesquisas para universidades e de referência para futuros projetos.

Além do alto índice de regeneração, foi constatado marcas de patas de anta às margens de um riacho, o que comprava, segundo a Sema, a diversidade da fauna na região.

Atualmente, o santuário abriga quatro elefantas asiáticas — Foto: Sema/Divulgação

Atualmente, o santuário abriga quatro elefantas asiáticas — Foto: Sema/Divulgação

O Santuário possui licença de operação emitida pela Sema para abrigar até seis animais em uma área de mais de 20 hectares. No entanto, o santuário solicitou à Sema ampliação da licença para abrigar até 10 animais. O pedido está sendo estudado pela secretaria.

O santuário em Chapada dos Guimarães é o único da América latina. No mundo todo são seis santuários. O Brasil foi escolhido para a instalação do Santuário tanto pelo posicionamento geográfico, quanto pelo arcabouço legislativo mais favorável.

Local e animais são  preservados por voluntários que trabalham no local — Foto: Santuário dos Elefantes/ Divulgação

Local e animais são preservados por voluntários que trabalham no local — Foto: Santuário dos Elefantes/ Divulgação

Para receber os elefantes de outros países da América Latina, os países devem atender os critérios estabelecidos na Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção.