SpaceX recruta voluntários para testar internet da Starlink


Os primeiros testes devem acontecer na América do Norte ainda este ano, e em outras regiões em 2021

No ano passado, a SpaceX lançou cerca de 500 satélites na órbita Terra. Chamada de constelação Starlink, o projeto da empresa americana tem o objetivo de oferecer conexão à internet de alta velocidade via satélite para qualquer lugar do planeta. Agora, a companhia está recrutando voluntários para testá-la.  

Para participar, o voluntário deve preencher o e-mail, ZIPcode (CEP) e país no site da Starlink. Após a inscrição, o usuário receberá uma mensagem de e-mail confirmando a inscrição e comunicando que, em caso de disponibilidade de testes na região, ele será notificado.

Inicialmente, os testes serão feitos no final do terceiro trimestre deste ano no norte dos Estados Unidos e no Canadá, mas a expectativa é atender outras regiões em 2021 — e o Brasil pode estar na lista. Segundo Elon Musk, CEO e fundador da SpaceX, a internet será capaz de oferecer conexão rápida de cerca de um gigabit por segundo, com latências (tempo de resposta às ações do usuário) de cerca de 30 milissegundos. Musk vem anunciando a meta de chegar abaixo dos 20 milissegundos.

“Será uma experiência muito boa porque será de latência muito baixa. Digamos que alguém será capaz de jogar videogame sem perceber a velocidade”, disse durante a conferência Satellite 2020. De acordo com Musk, não será necessário um especialista para fazer a instalação.